O desenvolvimento da compreensão do tempo e do tempo histórico nas crianças: um estudo de caso com alunos portugueses de primária (1.º CEB)

Journal Article

A investigação em Educação Histórica tem demonstrado que a compreensão do tempo é crucial para a compreensão histórica e do tempo histórico. Contudo, a abordagem sobre o desenvolvimento da compreensão histórica e temporal pelas crianças foi nas últimas décadas uma área de investigação bastante controversa. Este artigo apresenta, numa primeira parte, uma revisão de literatura extensa e atualizada, relacionada com o ensino de história que tende a evidenciar a relevância da importância da compreensão temporal e de conceitos de tempo para o desenvolvimento do pensamento histórico nas crianças. Numa segunda parte, apresenta os resultados de um estudo de caso, longitudinal e interpretativo, sobre a compreensão do tempo histórico pelas crianças do ensino primário. A pesquisa envolveu duas turmas (1.º ano- 24 alunos, com idade de 6-7 anos e do 3.º ano-25 alunos, com idade de 8-9 anos) de alunos do ensino primário (1.º CEB), acompanhadas durante dois anos letivos, numa escola primária (1.º Ciclo do Ensino Básico) urbana, no norte de Portugal. Em três momentos durante o estudo, no início e no final dos anos letivos, os alunos realizaram uma tarefa de ordenação de 6/7 imagens relacionadas com famílias de várias épocas, explicando a sua ordenação. Para a recolha de dados aplicou-se uma entrevista semi-estruturada para identificar mudanças nas explicações dadas e na compreensão do tempo histórico antes e após um ano de intervenção. Os resultados evidenciam um desenvolvimento de competências temporais, ao nível cronológico e uma complexificação do raciocínio temporal, assim como alterações nas suas conceções sobre mudança.
Research in History Education has shown that understanding time is crucial for historical thinking and historical time. However, the approach to the development of historical and temporal understanding by children has in recent decades been a very controversial area of research. This article presents, in a first part, an extensive and updated literature review related to history teaching that tends to highlight the relevance of temporal understanding and time concepts for the development of children’s historical thinking. The second part reports the findings of a longitudinal and interpretative case study of primary children’s understanding time and historical time. The research involved two classes (1st grade with 24 students, age 6-7 years old and 3rd grade with 25 students, age 8-9 years old) of primary school students during two school academic years in an urban primary school in Northern Portugal. At three different times during the study the students they were asked to arrange historical pictures (about families) in chronological order and explain their arrangements. For data collection a semi-structured interview was applied to identify changes in the explanations given by students and in the understanding of historical time before and after one year of instructional intervention. The results show student’s grasp temporal competences, at the chronological level and a complexification of the temporal reasoning, as well the concept of change over time alters during the course of the study
Este trabalho é financiado pelo CIEd - Centro de Investigação em Educação, projetos UID/CED/1661/2013 e UID/CED/1661/2016, Instituto de Educação, Universidade do Minho, através de fundos nacionais da FCT/MCTES-PT.
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

Publication

Year of publication: 2018

Identifiers

ISSN: 1699-2105

Alternative Titles