As repercussões do processo de Bolonha nas universidades portuguesas: o que dizem os estudos e os professores?

Journal

Tendo como referencial teórico os trabalhos que discutem a agenda globalmente estruturada para a Educação (Dale, 2004; Antunes, 2006), a universidade na sociedade e no contexto da economia do conhecimento (Afonso, 2015; Magalhães, 2011), o presente estudo teve como objetivo investigar as repercussões do Processo de Bolonha nos cursos de formação de professores das Instituições de Ensino Superior em Portugal. Foi feito um mapeamento da produção científica a fim de conhecer as mudanças e desafios dos cursos de formação de professores de instituições de ensino superior em Portugal. O corpus de análise inclui periódicos portugueses e estudos do Repositório Aberto de Portugal, além de entrevistas (gravadas e transcritas) realizadas com dois formadores dos ensinos universitário e politécnico, ambos da região norte do país, acerca do processo de reestruturação dos cursos, das mudanças operadas e seus efeitos. O critério de seleção dos professores deve-se à participação destes no processo de reformulação dos planos de ensino de cursos de formação de professores no contexto de Bolonha. O corpus de análise foi submetido à análise de conteúdo, com base em categorias extraídas das entrevistas e da produção mapeada. Os resultados, ainda preliminares, indicam que mudanças pretendidas por Bolonha, como o ensino mais centrado no aluno e consequentemente sua maior autonomia no processo formativo não foram ainda alcançadas e evidenciam tensões na reorganização dos cursos, ao nível da sua concepção e implementação, pois a redução do tempo dedicado às disciplinas de cariz pedagógico é apontada como um retrocesso na formação dos futuros docentes.
The theoretical framework of this study is the study of the globally structured agenda for
education (Dale, 2004; Antunes, 2006), the university in society and in the context of the
knowledge economy (Afonso, 2015; Magalhães, 2011), objective to investigate the repercussions
of the Bologna Process on the training courses for teachers of Higher Education Institutions in
Portugal. A mapping of the scientific production was made in order to know the changes and
challenges of the training courses for teachers of higher education institutions in Portugal. The
corpus of analysis includes Portuguese periodicals and studies from the Open Repository of
Portugal, as well as interviews (recorded and transcribed) with two university and polytechnic
instructors, both from the north of the country, about the process of restructuring courses, changes and their effects. The selection criterion of teachers is due to their participation in the
process of reformulation of teaching plans for teacher training courses in the context of Bologna.
The corpus of analysis was submitted to content analysis, based on categories extracted from
interviews and mapped production. The results, which are still preliminary, indicate that changes
intended by Bologna, such as more student-centered teaching and consequently greater
autonomy in the training process, have not yet been achieved and show tensions in the
reorganization of the courses, at the level of their design and implementation, since the reduction
of the time devoted to pedagogical disciplines is pointed out as a setback in the training of future
teachers.
Este trabalho é apoiado por fundos nacionais através da FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P.,
no âmbito do projeto UID/CED/00167/2013 do Centro de Investigação e Intervenção Educativas (CIIE).
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

Cláudia Aleixo Alves
Zenólia Christina Campos Figueiredo

Publication

Year of publication: 2017

Identifiers

ISBN: 978-989-8471-26-0

Alternative Titles