Planos nacionais de leitura no Brasil e em Portugal: elementos preliminares

Conference Paper

A leitura é essencial para se alcançar as competências mínimas necessárias para atender as demandas do
mundo atual. Associado às vantagens competitivas, a leitura tornou-se preocupação para os países se
desenvolverem economicamente, e dessa forma, passa a fazer parte de políticas públicas educativas formal
e não formal. Ciente da complexidade na formação de leitores, alguns Estados influenciados por organismos
internacionais, direcionam esforços na implementação de Planos Nacionais de Leitura. Nesta comunicação
serão apresentados dados de um projeto de investigação que tem como objetivo identificar os pontos de
convergências e de divergências existentes entre o Plano Nacional do Livro e Leitura do Brasil/PNLL e Plano
Nacional de Leitura de Portugal/PNL. Assim, o Plano brasileiro é orientado pelo princípio de que a leitura é
um fator determinante para o desenvolvimento social, cultural e profissional, suas atividades dirigem-se
principalmente a públicos que sofrem de processos de exclusão, devido à sua classe social, gênero, raça e
idade. O Plano Nacional de Leitura português pretendeu criar e consolidar os hábitos de leitura, com especial
atenção para o público infanto-juvenil, através de projetos e acções de difusão do livro e de promoção da
leitura, que cobrem todo o território português. Embora o estudo ainda esteja em processo de conclusão, é
possível apresentar (provisoriamente) algumas conclusões. No plano português existem alguns indicadores
de que os seus objetivos foram alcançados, uma vez que o PNL aumentou os índices de leitura, conforme
apontados pelo PISA. No caso brasileiro, foi constatado até o momento, que o PNLL não conseguiu alcançar
todos os estados e municípios.
Reading is essential to achieve the minimum skills required to meet the demands of today's world. Associated
with competitive advantages, reading has become concern for countries to develop economically, and thus
becomes part of formal and non-formal educational policies. Aware of the complexity in the formation of
readers, United influenced by international organizations, direct efforts to implement National Plans Reading.
In this paper are presented data from a research project that aims to identify the points of convergences and
divergences between the National Plan of the Book and Reading Brazil / PNLL and National Reading Plan
of Portugal / NLP. Thus, Brazilian Plan is guided by the principle that reading is a determining factor for
social, cultural and professional development, its activities are directed mainly to people suffering any kind
of exclusion due to their class, gender, race, age. The National Reading Plan Portuguese aimed to create
and consolidate reading habits, with special attention to children and youth through projects and activities for
the dissemination of books and promoting reading, covering the entire Portuguese territory. Although the
study is still in the process of completion, you can display (provisionally) some conclusions. In the Portuguese
plan there are some indications that its objectives were achieved, since the PNL increased read rates, as
indicated by PISA. In Brazil, it was noted to date, the PNLL failed to achieve all states and municipalities.
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

Patrícia Fernandes

Publication

Year of publication: 2016

Identifiers

ISBN: 978-989-96261-6-4

Alternative Titles