Políticas, dinâmicas e perfis dos agrupamentos de escolas em Portugal

Journal Article

A racionalização do sistema escolar português, ocorrida nos últimos vinte anos, operou uma profunda reconfiguração da rede, da tipologia dos estabelecimentos e da sua gestão. Estudou-se o processo de construção dos agrupamentos de escolas e as configurações organizacionais resultantes, problematizando os seus contributos para a democratização da educação escolar. A análise apoiou-se em dados estatísticos solicitados ao Ministério da Educação e, de forma complementar, em Relatórios de Avaliação Externa da Inspeção-Geral da Educação e Ciência. Foi possível identificar a diversidade organizacional da configuração “agrupamento”, bem como observar o seu impacto limitado na democratização e melhoria dos processos de escolarização.
The rationalization of the Portuguese school system, which has taken place over the last twenty years, has led
to a profound reconfiguration of the network, the typology of
the schools and their management. We studied the process of
building school clusters and the resulting organizational configurations, problematizing their contributions to the democratization of school education. The analysis was based on
statistical data requested from the Ministry of Education and,
on a complementary basis, on External Evaluation Reports
from the Inspector General of Education and Science. It was
possible to identify the organizational diversity of the “cluster” configuration, as well as to observe its limited impact on
democratization and improvement of schooling processes.
Este trabalho é financiado pelo CIED – Centro de Investigação em Educação, Instituto de
Educação, Universidade do Minho, projetos UIDB/01661/2020 e UIDP/01661/2020, através de
fundos nacionais da FCT/MCTES-PT.

Publication

Year of publication: 2020

Identifiers

ISSN: 2182-2999

Alternative Titles