Transformações educativas em tempos de pandemia: do confinamento social ao isolamento curricular

Journal Article

A educação confronta-se hoje com uma série de desafios, resultantes da crise provocada pela pandemia COVID-19. A mudança da forma de trabalho dos professores é um bom exemplo, já que, por causa do confinamento social que essa crise gerou, e no contexto de medidas de emergência, o ensino presencial deu lugar ao ensino online, uma modalidade que é acelerada de modo intenso em transição para a sociedade digital ou para o predomínio da subjetividade digital. É, pois, sobre essa mudança de paradigma, bem como sobre o papel das tecnologias digitais na realização das atividades pedagógicas a distância e seus reflexos em termos curriculares que refletimos neste texto. Nessa reflexão, não descuramos a influência que a digitalização das relações e o zoomismo assumem nesse novo modo de pensar a escola, que é um “novo normal”, embora o digital não venha a substituir a relação pedagógica, como se tem pretendido com os sucessivos recursos introduzidos na escola.
Education today faces a series of challenges, resulting from the crisis caused by the pandemic
COVID-19. The change in the way teachers work is a good example, because of the social confinement that
this crisis has generated, and in the context of an emergency, classroom teaching has given space to online
teaching, a modality that is accelerated in a way intense in the transition to the digital society or the
predominance of digital subjectivity. It is, therefore, about this paradigm shift, as well as about the role of
digital technologies in carrying out distance learning activities and their reflexes in curricular terms that we
ponder in this text. In this reflection, we do not neglect the influence that the digitalization of relations and
zoomism assume in this new way of thinking about the school, which is a “new normal”, although digital
does not come to replace the pedagogical relationship, as has been intended with successive ones resources
introduced at school.
La educación hoy enfrenta una serie de desafíos, como resultado de la crisis causada por la
pandemia COVID-19. El cambio en la forma en que trabajan los docentes es un buen ejemplo, ya que,
debido al encierro social que ha generado esta crisis, y en el contexto de las medidas de emergencia, la
enseñanza en el aula ha dado paso a la enseñanza en línea, una modalidad que se acelera de manera intensa
en la transición a la sociedad digital o el predominio de la subjetividad digital. Por lo tanto, se trata de este
cambio de paradigma, así como del papel de las tecnologías digitales en la realización de actividades de
enseñanza a distancia y sus reflejos en términos curriculares que reflexionamos en este texto. En esta
reflexión, no descuidamos la influencia que la digitalización de las relaciones y el zoomismo asumen en esta nueva
forma de pensar sobre la escuela, que es una “nueva normalidad”, aunque lo digital no reemplaza la relación
pedagógica, como se pretendía con los sucesivos recursos introducidos en la escuela.
Este trabalho é financiado pelo CIEd - Centro de Investigação em Educação, Instituto de Educação, Universidade do Minho, projetos UIDB/01661/2020 e UIDP/01661/2020, através de fundos nacionais da FCT/MCTES-PT.

Publication

Year of publication: 2020

Identifiers

ISSN: 1809-4031

Alternative Titles