Telerreabilitação em crianças com TPAC: um estudo exploratório no Brasil

Journal

A telerreabilitação é o método pelo
qual se utilizam tecnologias de comunicação para
prover reabilitação à distância (SPINARDI et al.,
2009), com evidências crescentes de que seus
efeitos levam a desfechos clínicos semelhantes
ou melhores quando comparados às intervenções
convencionais (KAIRY, LEHOUX, VINCENT, &
VISINTIN, 2009). A notória necessidade deste
tipo de abordagem no Brasil é atribuída às
suas dimensões continentais (8.514.215,3Km²)
e distribuição irregular de profissionais
fonoaudiólogos, o que acentua a heterogeneidade
da qualidade e disponibilidade dos serviços
oferecidos (SPINARDI et al., 2009). Com o
avanço da tecnologia de extensa aplicabilidade,
a telerreabilitação pode suprir ou minimizar
as dificuldades em crianças com Transtorno do Processamento Auditivo Central (TPAC).
Neste estudo, abordaremos a telerreabilitação
implementada a partir de uma aplicação WEB,
para treinamento auditivo síncrono, e as
evidências científicas do treinamento auditivocognitivo integrado, que asseguram as bases
da telerreabilitação proposta pelo sistema. O
conteúdo da plataforma mencionada baseiase na literatura acumulada de neurociência
auditiva e cognitiva a qual apoia a programação
abrangente, incorporando abordagens de baixo
para cima ou “bottom up” (treinamento auditivo)
e de cima para baixo ou “top down” (estratégias
cognitivas, metacognitivas e de linguagem)
(CHERMAK, 2002; CHERMAK & MUSIEK, 2007).
A amostra foi composta de 23 crianças entre 7 e
9 anos de idade, com histórico de dificuldades
escolares, 13 do Grupo I - telerreabilitação e 10
do Grupo II - treinamento auditivo acusticamente
controlado em cabine, em 10 sessões de meia
hora. Os testes utilizados foram Pediatric
Speech Intelligibility (PSI) na condição MCI S/R
-15, e Dicótico de Dígitos, nas habilidades de
integração e separação binaural. Os resultados
evidenciam efetividade do treinamento auditivo
cognitivo através da telerreabilitação e mesma
eficiência do treinamento auditivo realizado em
cabine acústica, de maneira presencial.
Telerehabilitation is the method by
which communication technologies are used to
provide rehabilitation at a distance (SPINARDI
et al., 2009), with increasing evidence that its effects lead to similar or better clinical outcomes when compared to conventional
interventions (KAIRY, LEHOUX, VINCENT, & VISINTIN, 2009). The notorious need for this
type of approach in Brazil is attributed to its continental dimensions (8,514,215.3Km²) and
irregular distribution of speech therapists, which accentuates the heterogeneity of the quality
and availability of the services offered (SPINARDI et al., 2009). With the advancement
of technology with extensive applicability, telerehabilitation can supply or minimize the
difficulties in children with Central Auditory Processing Disorder (CAPD). In this study, we
will address telerehabilitation implemented from a WEB application, for synchronous auditory
training, and the scientific evidence of integrated auditory-cognitive training, which ensure
the basis for telerehabilitation proposed by the system. The content of the aforementioned
platform is based on the accumulated literature of auditory and cognitive neuroscience which
supports comprehensive programming, incorporating bottom-up (auditory training) and topdown approaches (strategies cognitive, metacognitive and language) (CHERMAK, 2002;
CHERMAK & MUSIEK, 2007). The sample consisted of 23 children between 7 and 9 years
old, with a history of school difficulties, 13 from Group I - telerehabilitation and 10 from Group
II - acoustically controlled auditory training in a cabin, in 10 half-hour sessions. The tests used
were Pediatric Speech Intelligibility (PSI) in the condition MCI S/R -15, and Dichotic of Digits,
in the skills of integration and binaural separation. The results show the effectiveness of the
cognitive auditory training through telerehabilitation and the same efficiency of the auditory
training performed in an acoustic booth, in person.

Vanissia Vendruscolo
Anabela Cruz-Santos

Publication

Year of publication: 2021

Identifiers

ISBN: 978-65-5983-358-0

Alternative Titles