Website em Manutenção

Instituto de Educação da Universidade do Minho

XVII CURSO DE VERÃO 2024 | Paulo Freire: da Pedagogia do Oprimido à Pedagogia da Autonomia

Horas 09h - 18h
Local Instituto de Educação, Universidade do Minho

Descobre Mais

Descrição

Durante os próximos dias 11, 12 e 13 de julho tem lugar o XVII Curso de Verão 2024, Paulo Freire: da Pedagogia do Oprimido à Pedagogia da Autonomia, promovido pelo Departamento de Ciências Sociais da Educação e pelo Centro de Investigação em Educação, do Instituto de Educação da Universidade do Minho.
A equipa docente é constituída por: Licínio Lima [Coord.], Almerindo Afonso e Fátima Antunes

Tratando-se de um dos mais relevantes pedagogos do século XX, cuja pedagogia política foi seminal à criação da pedagogia crítica, entende-se que a sua vasta obra – entre a obra magna Pedagogia do Oprimido e o último e celebrado livro sobre Pedagogia da Autonomia, que publicou em 1996 –, representa um referencial teórico incontornável, a ser conhecido e debatido por professores/as e educadores/as, especialistas em educação, dirigentes de organizações educativas e técnicos, com variadas formações, mas que exercem a sua atividade em instituições de educação e formação, ou com valências educativas.
O Curso assentará no estudo de fontes primárias e, a partir delas, convocará fontes secundárias de importantes especialistas internacionais na obra freiriana, procurando fornecer uma visão simultaneamente aprofundada e alargada, não apenas dos textos que o autor nos legou, mas também da sua obra educativa e pedagógica, realizada em diferentes partes do mundo.
A atualidade do pensamento e da obra de Freire serão objeto de debate a partir de uma sociologia política da educação, através de apresentações por parte dos formadores e, sobretudo, do trabalho realizado pelos participantes, organizados em oficinas temáticas.
Objetivo(s) / finalidade(s) do Curso
1. Conhecer a relevância do pensamento e da obra de Paulo Freire;
2. Analisar as exigências para o estudo da obra e seus principais desafios em termos da sua receção atual;
3. Reconhecer as bases inovadoras da pedagogia política de Freire e o seu conceito de politicidade da educação;
4. Compreender as principais categorias de análise presentes em Pedagogia do Oprimido e seus impactos atuais em termos de investigação em educação;
5. Conhecer a ação de Freire como administrador público de educação e as suas reflexões sobre essa experiência, a partir dos seus conceitos de autonomia e de participação.

Conteúdos programáticos
1. Introdução: por que estudar Paulo Freire hoje?
2. Considerações em torno do ato de estudar Freire
3. Política e politicidade da educação
4. A obra magna: Pedagogia do Oprimido
5. Pesquisando com a Pedagogia do Oprimido: para uma crítica ao pedagogismo opressor
6. Pedagogia da autonomia e autonomia da pedagogia: a democratização dos poderes educativos
7. Freire como administrador público da educação na cidade de São Paulo
8. Encontros com a obra de Paulo Freire

Destinatários
Esta iniciativa é particularmente dirigida a Professores/as dos vários níveis de ensino (1.º, 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico e do Ensino Secundário); Técnicos e Mestres em Educação, Psicólogos/as, Sociólogos/as, Educadores/as e Assistentes Sociais de Escolas e Agrupamentos de Escolas bem como de Organizações Não Governamentais.

Condições de acesso e de ingresso no Curso
Licenciados/as nas áreas da Educação, Ensino, Psicologia, Sociologia, Serviço Social e áreas afins.

Organização do curso:
O curso está organizado em 4 oficinas e 1 painel.
Em cada oficina, haverá atividades a realizar em trabalho de grupo ou individual (ex.: leitura de um texto, visionamento de um vídeo, análise de um trecho, etc.), sendo os resultados dessa atividade discutidos em plenário.

O curso aguarda a creditação pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua

Horário de funcionamento:
Quinta-feira, 11 de julho (9h-12h30m; 14h30m-18h)
Sexta-feira, 12 de julho (9h-12h30m; 14h30m-18h)
Sábado, 13 de julho (9h-13h)

Local de funcionamento:
Instituto de Educação
Universidade do Minho
Campus de Gualtar
Braga
________________________________________

Inscrições:
Inscrições por endereço eletrónico, enviando comprovativo de pagamento e ficha de inscrição preenchida (Ficha de inscrição 2024) para: calexandra@ie.uminho.pt

Valor da inscrição:
45 € – Público em geral
20 € – Estudantes da Universidade do Minho

Pagamento através de TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA para o NIB: 0035.0171.00167322630.15 (Caixa Geral de Depósitos).

Número limite de inscrições: 25 (segundo a ordem de receção)

Organização:
Cristina Alexandra
Daniela Silva
Guilherme Silva